Deixe um comentário

O homem é escravo do que fala

“O homem é escravo do que fala e dono do que cala”. Freud

image001Você sabia que as palavras têm poder? A fala é um processo que possibilita a organização dos pensamentos, uma das características mais importantes do ser humano.

Através da palavra podemos edificar ou destruir, temos que tomar muito cuidado com aquilo que sai da nossa boca. Em Mateus 15:11 lemos: “Não é o que entra pela boca que contamina o homem, mas o que sai da boca, isso é o que contamina.”

Há milênios que nos é ensinado a importância de refrear a língua, porém podemos desenvolver o péssimo hábito de usar as palavras de modo destrutivo.

Quando as palavras são usadas de modo negativo

  • ·         Fazemos um péssimo uso das palavras quando falamos mal de outras pessoas. Há uma frase de autor desconhecido que diz: “Se não tiver nada de bom para falar, então se cale”. O neurologista e criador da Psicanálise Sigmund Freud disse que “O homem é escravo do que fala e dono do que cala. Quando Pedro me fala de João, sei mais de Pedro do que de João”. Falar mal das pessoas expõe mais o caráter daquele que fala.
  • ·         Quando usamos as palavras para ofender, estamos fazendo mau uso delas. Nesse caso precisamos aprender a controlar nossas emoções, pois geralmente as expressamos através das palavras. Se estamos irados, nossas palavras serão de ira. O problema é que muitas coisas que são ditas no calor das emoções podem causar danos irreparáveis. Controlemos, portanto, nossas emoções para controlar nossas palavras.

Quando as palavras são usadas para o bem

  • ·         Quando falamos bem das pessoas estamos fazendo uso positivo das palavras, para isso precisamos desenvolver a capacidade de nos concentrar mais nas qualidades das pessoas ao invés dos defeitos. Podemos treinar esse hábito fazendo a meta de que, para cada coisa ruim que eu pensar ou falar de alguém, pensarei ou falarei duas coisas boas. Falar apenas das qualidades das pessoas transformará a vida daquele que fala, pois estará aperfeiçoando seu próprio caráter no sentido de tornar-se uma pessoa que edifica ao invés de uma pessoa que destrói. Elogie sempre.
  • ·         Usar as palavras para ensinar aquilo que é bom. Podemos edificar as pessoas e a nós mesmos através dos ensinamentos que fazemos por meio das palavras, claro que tais ensinamentos devem ultrapassar a fronteira da fala e atingir o âmbito da ação para terem plena eficácia. Contudo, através da palavra podemos atingir os corações mais relutantes.

“Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus'”. Mateus 4:4

– See more at: http://familia.com.br/o-homem-e-escravo-do-que-fala#sthash.rKCKAJiW.dpuf

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: